EXCELÊNCIA

No QS Latin America & The Caribbean University Rankings 2024, a Universidade de Brasília ocupa a 9ª colocação entre as instituições brasileiras

A UnB é a 25ª melhor universidade da América Latina, de acordo com o QS Latin American University. Foto: Julio Minasi/Secom UnB

 

A Universidade de Brasília subiu uma posição no QS Latin America & The Caribbean University Rankings. Na avaliação 2024, divulgada nesta quarta-feira (13), a UnB ocupa o 25º lugar entre as melhores universidades da América Latina, o que corresponde a estar no recorte das 6% mais bem avaliadas. Neste ano, 430 instituições foram consideradas, duas a mais do que na edição anterior. No Brasil, a UnB está na nona colocação, de 97 participantes; entre as federais, está em quinto, de 48.

“É com muita felicidade que vemos esse resultado, que consolida cada vez mais a nossa excelência acadêmica. Continuamos sendo uma das melhores universidades do Brasil e da América Latina. É uma conquista de toda a nossa comunidade: docentes, técnicas, técnicos e estudantes", comemora a reitora Márcia Abrahão.

"Sabemos que melhorar a educação superior, promover a pesquisa e fortalecer a ciência no nosso país, sobretudo quando sofremos intensos ataques do governo anterior, são desafios que estamos sempre dispostos a enfrentar na UnB. Vamos avançar com a nossa missão, que é fazer ensino, pesquisa e extensão de excelência e com compromisso social”, completa a gestora.

A pontuação da UnB no QS Latin American University passou de 66,7 para 67,4. O escore é o quociente da avaliação de oito indicadores: Reputação Acadêmica,Reconhecimento do Mercado de Trabalho,Razão entre docentes e estudantes,Docentes com Doutorado,Redes de Pesquisa Internacionais,Citações por Artigo,Artigos por DocenteeImpacto na Internet.

O indicador com maior peso é Reputação Acadêmica, no qual a UnB obteve 78. O maior aumento obtido foi no indicador Reconhecimento no Mercado de Trabalho, com crescimento de mais de 27%.

“Estarmos entre as universidades de grande relevância no continente sul-americano reforça o valor público que a UnB tem para o país”, destaca a decana de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional, Denise Imbroisi.

Entre os itens em que a Universidade de Brasília obteve os maiores escores estão Docentes com Doutorado(99,4),Redes de Pesquisa Internacionais (97,5) e Impacto na Internet(88,1).

 

Universidade subiu uma posição no ranking geral e manteve-se na 9ª colocação entre as instituições nacionais e 5ª entre as federais. Arte: Secom UnB
ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.