SEGURANÇA DIGITAL

Medida busca dificultar invasão de contas por hackers e garantir maior proteção de dados

A autenticação em duas etapas pode ajudar a evitar transtornos como invasão de contas e fraudes. Foto: Luis Gustavo Prado/Secom UnB

 

Para garantir proteção de dados, a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) passa a recomendar o uso da autenticação em duas etapas (ou de dois fatores) no acesso ao Office 365. "Considerando que senhas fracas ou hackeadas são a causa de 80% das invasões de contas, a autenticação em duas etapas pode ajudar a proteger os usuários e seus dados", diz o coordenador de Suporte Avançado da STI, Marcus Vinícius da Silva Jorge.

 

A autenticação tem o objetivo de confirmar a identidade do usuário, sendo o segundo fator uma camada extra de segurança. Ao ativar a verificação em duas etapas, o usuário receberá um código de segurança em seu e-mail, telefone ou aplicativo autenticador sempre que entrar em um dispositivo que não seja confiável.

 

Para configurar a autenticação multifator, é preciso ter um e-mail, sendo recomendável dois diferentes (aquele que é usado normalmente e outro como backup); um número de telefone; ou um app autenticador como o Microsoft Authenticator. “O processo é bem simples e será executado pelo usuário de forma intuitiva toda vez que ele acessar o Office 365 de um novo dispositivo”, diz Marcus. Saiba aqui como ativar o segundo fator.

 

>> Confira manual da STI para a configuração da autenticação multifator (MFA)

 

Segundo o diretor da STI, Jacir Bordim, a própria Microsoft vem alertando usuários sobre a necessidade de uso da autenticação em duas etapas, já utilizada em e-mails, mídias sociais, compras on-line e apps de bancos. "Em algum momento, a Microsoft tornará compulsório o uso da autenticação multifator para evitar problemas recorrentes de vazamento de senhas e de segurança no uso dos seus serviços", observa.

 

Utilizado na Universidade por toda a comunidade acadêmica (alunos, professores e corpo técnico-administrativo), o Office 365 é uma ferramenta da Microsoft com aplicativos e recursos de produtividade em nuvem, como Word,ExceleOutlook. A licença de uso é resultado de um acordo de cooperação firmado, em 2019, pela UnB com a Microsoft.

 

Dúvidas de acesso, recuperação de senha, configuração e suporte do e-mail institucional e acadêmico? Clique aqui e acesse o tira-dúvidas produzido pela STI. 

 

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.