QUADRIÊNIO 2022-2026

Gestão das docentes Sandra Lúcia da Rocha e Gladys Quevedo será guiada pela defesa da ciência e da democracia

Cerimônia de posse foi realizada virtualmente. Gestão anterior agradeceu pelo apoio da comunidade e da administração superior, e parabenizou a nova direção. Imagem: Reprodução

 

As professoras Sandra Lúcia da Rocha e Gladys Quevedo tomaram posse, nesta quarta-feira (9), como diretora e vice-diretora, respectivamente, do Instituto de Letras (IL) para o quadriênio 2022-2026. A solenidade ocorreu de forma remota, com transmissão pelo canal do IL no YouTube. A nova gestão sucede a de Anderson da Mata e Yuko Takano.

 

As empossadas reforçaram em suas falas que estão cientes dos desafios que enfrentarão à frente do instituto neste período de pandemia, mas que isso não as impedirá de geri-lo com a excelência e o cuidado que demanda.

 

“Esse é um momento difícil em vários sentidos e que apresenta imensos desafios em diferentes frentes. Estamos dispostas, eu e a professora Sandra, a enfrentarmos com coragem, confiança, calma, paciência e, principalmente, com muita esperança no coração – como servidoras que somos, de uma instituição federal atuante como sempre, necessária como nunca”, disse Gladys Quevedo, em referência ao slogan da campanha UnB 60 anos.

 

Reforçando os valores da Universidade, a nova gestão será pautada pela defesa da ciência e da democracia. “Assumimos nossas funções destacando o nosso respeito à pesquisa científica, aos nossos protocolos internos e ao nosso plano de contingência e, sobretudo, com a gestão democrática”, afirmou Sandra Lúcia da Rocha. 

 

A abrangência da atuação do Instituto de Letras e seu papel em pesquisa e extensão foi lembrado pelos participantes da cerimônia. A unidade é responsável pelo maior programa de extensão da Universidade, o UnB Idiomas. “Tenho certeza que elas serão capazes de conduzir com brilhantismo esse instituto, que é um organismo imenso”, projetou o ex-diretor Anderson da Mata. Hoje, o IL possui mais de 150 docentes e atende mais de 3 mil estudantes. 

 

Yuko Takano, antecessora na vice-direção, desejou conquistas e sucesso às novas gestoras e agradeceu pelo suporte recebido ao longo do mandato. “Os desafios que surgiram foram superados graças ao apoio que recebemos de instâncias superiores, colegas, funcionários e alunos da instituição. Uma caminhada onde as pedras tornaram-se plumas, uma jornada de mãos dadas que prova que uma andorinha só não faz verão”, contou.

 

A reitora Márcia Abrahão ressaltou a manutenção do apoio da administração superior ao instituto. “Saibam que estaremos juntas nesses anos, fazendo com que o Instituto de Letras continue retornando para a sociedade essa excelência, com enorme compromisso social, como tem demonstrado”, destacou.

 

A produção científica desenvolvida pelo IL foi mencionada pela vice-diretora empossada, que comprometeu-se a “colaborar para o aprimoramento da unidade”. Ela frisou ainda o empenho da comunidade em estudos abrangentes que têm como objetivo ajudar a responder às demandas sociais da atualidade. “[As pesquisas] abrangem os mais variados grupos sociais e profissionais. As letras abraçam tudo e todos”, ilustrou Gladys Quevedo. 

 

A decana de Administração, Rozana Naves, que foi diretora do Instituto de Letras no início da gestão de 2018-2022 e vice-diretora no quadriênio 2014-2018, também participou da cerimônia. Ela citou as transformações acadêmicas vivenciadas pelo IL nos últimos tempos, como novas resoluções sobre cursos de graduação, revisões curriculares e reestruturação administrativa. 

 

Ao longo dos sete anos em que esteve na gestão, Rozana Naves pontuou que pôde “conhecer muito mais o instituto e aprofundar-se na grandeza que é uma unidade do porte do IL e na sua importância social pelas temáticas desenvolvidas na pesquisa, no ensino e na extensão”.

 

PERFIS – Nova diretora do IL, a professora Sandra Lúcia da Rocha fez mestrado em Linguística na Universidade de Brasília e doutorado em História Antiga na Universidade de Londres. A docente criou o Grupo de Estudos de Retórica e Oratória Antiga, certificado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) desde 2011 e filiado ao Centre for Oratory and Rhetoric (COR) do Royal Holloway College, da Universidade de Londres.

 

Possui experiência na área de letras, com ênfase em língua grega, e realiza pesquisa nas áreas de oralidade e escrita na Grécia; retórica e crítica literária na antiguidade grega; e historiografia, oratória e retórica grega.

 

A vice-diretora Gladys Quevedo atua na área da língua inglesa. Fez mestrado e doutorado em Estudos da Linguagem na Universidade Estadual de Londrina (UEL) e realizou dois estágios pós-doutorais em Avaliação de Línguas Estrangeiras no Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (IEL/Unicamp). Foi ainda subcoordenadora geral do UnB Idiomas em 2013 e, depois, ocupou o cargo de coordenadora geral de 2014 a 2015. Possui o Certificate for Overseas Teachers of English (Cote) e o Diploma in English Language Teaching to Adults (RSA/Delta), ambos da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. 

 

*Estagiária de Jornalismo na Secom/UnB.

  

Leia também:

>> Exigência do comprovante de imunização contra a covid-19 em todos os prédios da UnB vale a partir de sexta-feira

>> Reitora e decanos se reúnem com UnBTV

>> Egresso da UnB realiza experimentos no espaço

>> UnB desenvolve inseticida capaz de combater o Aedes aegypti

>> UnB em defesa da vacinação contra covid-19

>> UnB é oitava melhor do Brasil, aponta ranking espanhol

>> Está disponível o novo edital de Mudança de Curso e de Dupla Diplomação

>> Nova direção da Faculdade de Educação Física toma posse

>> Aplicativo auxilia agricultores na restauração do Cerrado

>> Docentes podem concorrer a bolsas de pós-doc do Grupo Tordesilhas

>> Pesquisa da UnB mostra alta prência de covid-19 entre internos da Papuda

>> Debate aborda desafios e perspectivas para efetivar cotas a pessoas trans na UnB

 

>> Guias ajudam a garantir a segurança da comunidade no retorno presencial

>> Saiba como comunicar suspeitas e casos de covid-19 à Universidade

>> Nova funcionalidade do app Guardiões da Saúde facilita o monitoramento de casos de covid-19 na UnB

>> UnB divulga guia de recomendações para prevenção e controle da covid-19

>> DPI lança portfólio e painéis com dados sobre infraestrutura de pesquisa e inovação da UnB

>> Coes publica cartilha com orientações em caso de contágio pelo novo coronavírus

>> UnB cria fundo para doações de combate à covid-19

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.