EXCELÊNCIA

Universidade se destaca no QS World University Rankings, mesmo com ampliação do número de instituições avaliadas

UnB é a nona melhor colocada entre 27 universidades brasileiras. Foto: Beto Monteiro/Secom UnB

 

A Universidade de Brasília é a nona melhor instituição de ensino superior do país, de acordo com dados do QS World University Rankings. O resultado confirma trajetória crescente da Universidade nesta avaliação, considerada uma das principais do mundo. A instituição avançou uma posição em relação ao ano passado.

 

“O resultado é mais um reconhecimento da qualidade acadêmica da Universidade de Brasília, a despeito das recorrentes reduções em nosso orçamento e no financiamento da pesquisa no Brasil”, disse a reitora Márcia Abrahão. “Parabenizo a nossa comunidade. Vamos continuar trabalhando arduamente para avançar ainda mais, com excelência e compromisso social”, completou.

 

OQS World University Rankings é elaborado pela consultoria QS Quacquarelli Symonds, uma das principais organizações a medir a qualidade do ensino superior em todo o mundo, ao lado da Times Higher Education (THE). Para o ranking, são avaliados indicadores como reputação acadêmica, reputação entre empregadores, citações e presença de estudantes e professores internacionais.

 

Ao todo, 27 universidades brasileiras foram avaliadas, sendo 18 universidades federais. A participação de instituições internacionais e nacionais é crescente a cada ano. No ano passado, 22 instituições de ensino superior brasileiras estavam no ranking. Este ano, mesmo com cinco universidades a mais, a UnB se manteve entre as mais bem posicionadas na avaliação.

Tabela evidencia desempenho da UnB no ranking em cinco anos. Arte: Luisa Reis/Secom UnB

 

CÁLCULO – O QS não divulga a classificação específica de universidades a partir da faixa de classificação 501-510. Também não estão disponíveis as pontuações obtidas em anos anteriores para os indicadores que compõem a pontuação final. Entretanto, a UnB tem aperfeiçoado as metodologias de acompanhamento dos rankings e conseguiu fazer o cálculo a partir dos escores publicados pela página do QS para o ranking 2022. “Com os dados e indicadores que estão disponíveis neste momento, foi possível verificar que estamos na nona colocação, o que é um excelente resultado”, pontuou o diretor de Avaliação e Informações Gerenciais, Guilherme Viana Ferreira.

 

Para a decana de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional, Denise Imbroisi, o avanço da Universidade ao longo dos últimos anos é fruto do comprometimento da comunidade universitária: “Mais uma vez, vemos que a UnB consegue se destacar no ranking QS World entre as instituições nacionais, mesmo em um cenário orçamentário tão adverso. Esse resultado é uma conquista do trabalho de cada um de nós, membros da comunidade acadêmica: estudantes, técnicos e docentes da Universidade”, avaliou.

 

A boa posição no QS World 2022 se dá em um cenário de cortes de orçamento. Os recursos para custeio destinados pela União à UnB no ano de 2021 são 8,2% menores do que o orçamento destinado na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020 e, pela primeira vez na história, a Universidade não recebeu recursos para investimento.

 

Leia também:

>> UnB envia ofício ao GDF com lista dos trabalhadores a serem imunizados

>> Conselho de Administração aprova novo plano de obras

>> Universidade avança nas boas práticas ambientais em 2020

>> Provas do PAS 3 serão em 18 de julho

>> UnB Cerrado realiza primeira Semana do Meio Ambiente

>> Reitora pede apoio para recomposição orçamentária

>> Novas prioridades de matrícula passam a valer a partir do próximo semestre

>> Divulgado o resultado para acesso na UnB por meio do Enem 

>> Na Câmara, reitores falam sobre desafios para 2021

>> Servidores do DAF participam de diálogo com a reitora

>> Trecho de asfalto que liga Vargem Bonita à Fazenda Água Limpa é inaugurado

>> Universidade levanta número de trabalhadores já vacinados

>> Pesquisa aponta que taxa de remissão de artrite reumatoide inicial supera 50% no HUB

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.