ENSINO

Oito estudantes participantes do Educathon tiveram seus projetos reconhecidos nesta sexta-feira (8), em cerimônia na Reitoria

 

Alunos premiados e equipe envolvida no Educathon estiveram na cerimônia de premiação do evento, nesta sexta (8). Foto: Luis Gustavo Prado/Secom UnB.

 

Os grupos Percurso UnB Educação à La Carte, compostos cada um por quatro estudantes de diferentes cursos de graduação da UnB, foram os vencedores da primeira edição do Educathon, maratona de desenvolvimento de ideias para melhoria de ensino e aprendizagem a partir da perspectiva discente. A atividade, coordenada pelo Programa A3M do Centro de Educação a Distância (Cead) da UnB, aconteceu em um fim de semana de novembro no campus Darcy Ribeiro. A premiação foi realizada nesta sexta-feira (8), no prédio da Reitoria.

O projeto vencedor propôs a criação de um aplicativo para auxílio ao cumprimento de metas individuais na universidade, estabelecidas pelos próprios estudantes. “O projeto não envolve mudança de atitude de professores ou de qualquer outra pessoa envolvida no processo que não seja o aluno. A intenção, inclusive, é tornar o estudante protagonista, fornecendo uma ferramenta para isso”, explica Rômulo Alves, graduando de Relações Internacionais e integrante do Percurso UnB.

A plataforma, que leva o mesmo nome da equipe, traria elementos atrativos como jogos e rankings para mostrar a progressão do aluno na vida acadêmica e até no mercado de trabalho, de acordo com objetivos pessoais do usuário. O aplicativo também compartilharia dicas de estudantes que estão em semestres posteriores e promoveria integração de discentes e docentes. "O aluno poderia monitorar se está se saindo bem na luta por seus objetivos e o trajeto poderia ser reavaliado ao longo do tempo", complementa Rômulo.

O time Educação à La Carte, por sua vez, elaborou projeto que propõe mudanças a partir dos docentes. Pensando em alternativas já existentes na Universidade, os estudantes propuseram a montagem de um kit de metodologias de ensino, que seria entregue aos professores. Uma espécie de menu – daí o nome do grupo.

"Durante o Educathon, discutimos várias ideias que deram certo dentro da UnB, como, por exemplo, o método Trezentos, desenvolvido pelo professor Ricardo Fragelli, da Faculdade do Gama. Mas não pudemos escolher só uma. A partir daí, passamos a trabalhar a criação do kit, que incluiria essa e outras ideias", detalha a aluna de Biotecnologia Luana Dantas, integrante da equipe.

“Os projetos atenderam muito bem às expectativas. Isso pode ser visto pelo interesse dos alunos em contribuírem com a instituição a partir da experiência de aprendizado que eles mesmos possuem”, avaliou Sérgio Freitas, diretor do Cead. Além dele, participaram da cerimônia o coordenador do Educathon, professor Eduardo Bessa, e a reitora Márcia Abrahão.

PREMIAÇÃO Cada membro do grupo Percurso UnB recebeu um vale de R$ 1.500 para participar de congresso científico à sua escolha. Para Educação à La Carte, o prêmio foi de R$ 750 por pessoa, com a mesma destinação. “Para aprender, não basta transmitir informação. Nós temos o contexto emocional, o contexto de inter-relações, e tudo isso influi diretamente na aprendizagem. O que os alunos e os projetos mostraram foi justamente isso”, declarou Eduardo Bessa a respeito da experiência. O plano agora é colocar os projetos propostos em prática.

SOBRE –OEducathon é uma ação da UnB desenvolvida em parceria com unidades administrativas e acadêmicas. O objetivo é gerar ambiente propício ao surgimento de soluções visando melhorias no aprendizado da graduação da Universidade de Brasília, a partir da percepção dos próprios estudantes. A edição de 2017 foi a primeira. Para o ano que vem, está prevista a ampliação do projeto para os campi de Ceilândia (FCE), Gama (FGA) e Planaltina (FUP), além da continuidade das ações no Darcy Ribeiro.


GRUPOS VENCEDORES
Percurso UnB
Maria Cândida Monteiro Paredes – Ciências Biológicas (Licenciatura) 
Nathalia Uchôa de Lima – Gestão de Políticas Públicas
Ravenna Horana Alves da Silva – Biologia
Rômulo Manoel Alves – Relações Internacionais

Educação à La Carte
César Augusto Domingos Filho – Design
Jade Amorim – Engenharia de Produção
Luana Bianca Silva Dantas – Biotecnologia
Ricardo Hideki Ito – Mecatrônica

 

 

*Estagiária de Jornalismo na Secom/UnB.

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.

Palavras-chave