LEVANTAMENTO

Estudantes, professores e técnicos podem participar até 1º de maio. Tempo de resposta estimado é de dez minutos

A adoção do isolamento social para prevenir a disseminação do novo coronavírus impôs transformações significativas à rotina das pessoas. A comunidade da Universidade de Brasília também tem sido afetada por essa nova realidade. Em razão da pandemia e para reduzir riscos de contágio no ambiente acadêmico, as aulas acontecem em modo remoto desde agosto de 2020. Antes disso, as atividades administrativas já vinham sendo desempenhadas, majoritariamente, em trabalho a distância.

 

Mudanças tão repentinas nas dinâmicas de vida, com a redução do contato social e a necessidade de manutenção das tarefas cotidianas em casa, podem, no entanto, trazer consequências para a saúde mental. Ansiedade e medo são algumas das reações que têm se tornado comuns neste período de pandemia. Por isso, um estudo conduzido pela professora Andrea Gallassi, do curso de Terapia Ocupacional da Faculdade UnB de Ceilândia (FCE), pretende avaliar o impacto psicológico do isolamento social na comunidade universitária.

 

“Esse é um estudo totalmente inédito, pois nunca na história houve uma interrupção abrupta dessa forma no modo de viver das pessoas”, destaca Andrea Gallassi, que também é coordenadora do Centro de Referência sobre Drogas e Vulnerabilidades Associadas (CRR).

 

A pesquisa fica no ar até 1º de maio, com formulários direcionados a estudantes de graduação e pós-graduação, docentes e técnicos administrativos de todos os campi – Ceilândia (FCE), Darcy Ribeiro, Planaltina (FUP) e Gama (FGA). Os links podem ser acessados diretamente abaixo e também por meio dos QRCodes na imagem:

 

>> Graduando, participe aqui da pesquisa
>> Pós-Graduando, participe aqui da pesquisa
>> Técnico administrativo, participe aqui da pesquisa
>> Docente, participe aqui da pesquisa

 

Estudo está sendo conduzido por docentes do curso de Terapia Ocupacional da Faculdade UnB de Ceilândia (FCE). Arte: Divulgação

 

A iniciativa foi selecionada em chamada prospectiva de projetos para enfrentamento à covid-19 proposta pelos decanatos de Pesquisa e Inovação (DPI) e de Extensão (DEX), além do Comitê de Pesquisa, Inovação e Extensão de combate à covid-19 (Copei). Uma matéria de apresentação sobre o conceito da pesquisa foi veiculada pela Secretaria de Comunicação da UnB em setembro de 2021 e pode ser acessada aqui.

 

Também participam do projeto as professoras Josenaide dos Santos, Flavia Mazitelli de Oliveira e Daniela Rodrigues, todas do curso de Terapia Ocupacional da FCE. O projeto foi aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa da UnB.

Coordenadora da pesquisa, a professora Andrea Gallasi destaca que o levantamento é inédito, dado o atual contexto da sociedade. Foto: Arquivo Pessoal

 

Os resultados poderão auxiliar na formulação de políticas institucionais em saúde mental e colaborar com dados para ampliar a oferta de atendimento psicossocial à comunidade universitária. Além disso, podem contribuir para mapear ocupações e atividades em que estudantes, técnicos e docentes estejam mais engajados ou que sofreram maior ruptura no período de isolamento social.

 

INCENTIVO – É possível apoiar os projetos de combate à covid-19 da UnB com a destinação de recursos ao fundopara arrecadação de doações criado pelo Copei, em parceria com a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec).

 

Para doar, basta que pessoas e empresas acessem o link: https://www.fulipa.com. Na página, é possível escolher se a doação irá para um projeto específico ou para o fundo geral.

 

Também pode ser feito depósito em conta (Banco do Brasil, agência 3382-0, conta 7274-5). Para doações em serviços, materiais ou equipamentos, é necessário consultar o DPI, por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Leia também:

>> UnB está entre as melhores dos países emergentes

>> Especialistas da UnB comentam colapso da saúde no DF em meio à pandemia

>> Mesa-redonda sobre diversidade abre o 2º Seminário Mulheres na Ciência

>> Mais do que celebrar, um dia para fazer a diferença

>> Professoras e alunas ajudam a tornar a academia um ambiente mais acolhedor a outras mulheres

>> Consuni indefere nove recursos de estudantes expulsos por fraudes nas cotas

>> Mensagem da reitoria pelo Dia Internacional da Mulher

>> Hospital Universitário é referência para tratar reação grave à vacina contra covid-19

>> DPG lança editais de auxílio financeiro a estudantes dos programas de pós-graduação

>> Cepe discute proposta para calendário acadêmico de 2021

>> Matemática da UnB entra no ranking QS

>> Reintegração é o mais novo serviço disponível por peticionamento eletrônico

>> UnB e IFB realizam programação unificada em março em alusão ao Mês da Mulher

>> Decanato de Ensino de Graduação traz orientações para o início do semestre

>> UnB divulga guia de recomendações para prevenção e controle da covid-19

>> Em webinário, DPI lança portfólio e painéis com dados sobre infraestrutura de pesquisa e inovação da UnB

>> Webinário apresenta à sociedade projetos de combate à covid-19

>> Copei divulga orientações para trabalho em laboratórios da UnB durante a pandemia de covid-19

>> Coes publica cartilha com orientações em caso de contágio pelo novo coronavírus

>> UnB cria fundo para doações de combate à covid-19 

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.