PESQUISA

Fundação Nagib Nassar destinará R$ 40 mil em bolsas para mestrandos e doutorandos

Foto: Emília Silberstein/Secom UnB


O geneticista Nagib Nassar, professor emérito da Universidade de Brasília, apresentará à comunidade científica a Fundação Nagib Nassar para Desenvolvimento Científico e Sustentável (Funagib), no dia 3 de março. O evento será no auditório do Instituto de Ciências Biológicas (IB) e contará com a presença de embaixadores de países árabes e autoridades brasileiras.

 

Atualmente, a Funagib tem três editaisabertos, com oferta de bolsas de R$ 10 mil e R$ 15 mil. Podem concorrer alunos de mestrado e doutorado com projetos de pesquisa sobre mandioca nas linhas de melhoramento genético da cultura, aspectos botânicos do sistema reprodutivo, fitopatologia da cultura, resistência a insetos ou pragas, ou uso de técnicas moleculares às linhas mencionadas.

Ilustração: Anna Soares/Secom UnB


A instituição foi fundada com o prêmio de US$ 100 mil da Kuwait Foundation for Advancement of Science (KFAS), recebido pelo professor por sua pesquisa de melhoramento da mandioca, além de recursos próprios. A finalidade da fundação é promover pesquisas sobre a mandioca e beneficiar pequenos agricultores com os resultados.

 

“O objetivo principal é apoiar a pesquisa sobre mandioca, para compensar falta de estudos sobre essa cultura em países desenvolvidos e países produtores”, explica o professor.

 

Com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), nos últimos cinco anos, mudas melhoradas de mandioca foram plantadas em duzentos assentamentos de pequenos produtores do Distrito Federal. “Com a criação da Funagib, esperamos levar nossas variedades a, pelo menos, cinquenta assentamentos e dez mil famílias anualmente”, diz.

 

Nascido no Egito, o professor Nassar veio para o Brasil em 1974 por meio de um acordo científico bilateral entre os dois países. Aqui, ele pesquisou variedades selvagens da planta até produzir híbridos ricos em proteína e mais resistentes a pragas.

ATENÇÃO O conteúdo dos artigos é de responsabilidade do autor e expressa sua visão sobre assuntos atuais. Os textos podem ser reproduzidos em qualquer tipo de mídia desde que sejam citados os créditos do autor. Edições ou alterações só podem ser feitas com autorização do autor.