EXPANSÃO

Parceria da Universidade com o GDF e o movimento social levará atividades à comunidade da região administrativa

Polo de Extensão funcionará no antigo Centro de Convivência do Idoso do Paranoá. Foto: Divulgação

 

A Universidade de Brasília (UnB) vai ocupar um espaço de aproximadamente 200 m² para instalar o Polo de Extensão UnB Paranoá. Por meio de uma parceria com a Administração Regional do Paranoá, a Universidade dará mais um passo na aproximação de suas atividades com a população que vive em áreas do Distrito Federal que não têm campus. O prédio é o antigo Centro de Convivência do Idoso, localizado na quadra 13 do Paranoá.

 

“A Universidade e a sociedade realizam, por meio das atividades extensionistas, uma interação sustentada no diálogo, contribuindo para que o espaço acadêmico se abra para além dos muros, tornando a Universidade um espaço verdadeiramente democrático”, afirma a decana de Extensão da UnB, Olgamir Amancia.

 

O administrador regional do Paranoá, Sérgio Damasceno, comemora a iniciativa. “A comunidade do Paranoá sonha, há muitos anos, com a implantação de um polo da UnB aqui, que será uma semente para um campus futuro. Essa parceria entre a Administração Regional do Paranoá e a UnB trará grandes e importantes conquistas para a educação na nossa região”, frisa.

 

Para o ex-aluno da Universidade e professor da Secretaria de Educação do DF Carlos Garibel, ter um polo na região diminui a distância entre a população e a ciência. “Vemos muita gente negar vacina porque a ciência às vezes é um bicho papão. Queremos que a UnB tenha um diálogo horizontal com a população aqui do Paranoá”, diz. Garibel também é representante do Movimento pela UnB no Paranoá e Itapoã (Mupi).

 

HISTÓRICO – A UnB está no Paranoá desde a década de 1980, quando aulas de alfabetização para adultos eram ministradas no Centro de Cultura e Desenvolvimento do Paranoá (Cedep). Em 2012, foi publicado o decretode criação do Paranoá Parque, cujo projeto urbanístico prevê um local de 42 mil m² para a UnB. Em 2015, o Plano Distrital de Educação, com vigência até 2024, foi aprovado e também prevê a Universidade no Paranoá.

 

Em 2021, as discussõessobre o espaço físico para o polo ganharam força. Foi inauguradoo Fórum Social do Polo de Extensão do Paranoá, com perspectivas de que, no futuro, se instale um campus da Universidade na cidade.

 

POLOS DE EXTENSÃO – Só neste ano, 44 projetos foram realizados em polos de extensão da Universidade. “Temos a perspectiva de integração territorial, de fazer com que a UnB cumpra o seu papel social e elimine a ideia de um espaço fechado. Queremos que seja um espaço de diálogo efetivo com a comunidade”, explica o diretor de Integração Social e Desenvolvimento Regional do Decanato de Extensão (DEX), Rogério Ferreira.

 

O DEX deverá lançar editais no início do próximo ano, com as atividades começando em março de 2022 nos cinco polos de extensão. A ideia é que os projetos tenham ações articuladas entre os polos, com as lideranças locais e com a gestão pública.

 

Além do novo espaço no Paranoá, a UnB tem polos de extensão em funcionamento no Recanto das Emas, na Cidade Estrutural e em Cavalcante (GO). “Dando prosseguimento a uma política de fortalecimento dessa rede, temos uma perspectiva de expandir para Alto Paraíso (GO), numa parceria com a UnB Cerrado", adianta Rogério.

 

Leia também:

>> UnB recebe Prêmio César Lattes na Câmara dos Deputados

>> UnB e Embaixada da França criam cátedra em ciências humanas e sociais

>> UnB retoma trabalho presencial com segurança

>> Premiação do Congresso de Iniciação Científica celebra destaques na pesquisa

>> Estudante da UnB ganha prêmio por projeto focado em melhorias dos serviços de saúde

>> Consuni concede título de Doutor Honoris Causa a Ailton Krenak

>> Informe sobre instabilidade no Sigaa

>> UnB firma acordo com TST para desenvolvimento de ferramentas de inteligência artificial

>> Discentes da UnB organizam congresso que debate impactos da pandemia no futuro da pesquisa

>> Pesquisa investiga manifestações bucais em pacientes que se recuperaram de covid-19

>> Diretoria da SBPC visita UnB para alinhar reunião de 2022

>> UnB volta a ofertar disciplinas esportivas no Centro Olímpico

>> Guias ajudam a garantir a segurança da comunidade no retorno presencial

>> Saiba como comunicar suspeitas e casos de covid-19 à Universidade

>> UnB em Ação: um ano de ações sistemáticas de combate à pandemia

>> Nova funcionalidade do app Guardiões da Saúde facilita o monitoramento de casos de covid-19 na UnB

>> UnB divulga guia de recomendações para prevenção e controle da covid-19

>> DPI lança portfólio e painéis com dados sobre infraestrutura de pesquisa e inovação da UnB

>> Webinário apresenta à sociedade projetos de combate à covid-19

>> Copei divulga orientações para trabalho em laboratórios da UnB durante a pandemia de covid-19

>> Coes publica cartilha com orientações em caso de contágio pelo novo coronavírus

>> UnB cria fundo para doações de combate à covid-19

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.